category: 86
Parceria promove Seminário de Desburocratização em Niterói - Site do bairro do Barreto

Parceria promove Seminário de Desburocratização em Niterói

Parceria promove Seminário de Desburocratização em Niterói

Empreendedores que já tem, ou sonham em começar um negócio, concordam em um ponto: a burocracia dificulta todo o processo. Neste sentido, o Sebrae/RJ, em parceria com a prefeitura de Niterói promoveu, nesta quarta-feira (6), o Seminário de Desburocratização, na Associação Comercial e Industrial do Estado do Rio de Janeiro. O encontro teve apoio da Associação Comercial e Industrial de Niterói, da Câmara de Dirigentes Lojistas de Niterói (CDL) e do Sindicato do Comércio Varejista de Niterói.

O evento, que teve como foco explicar o momento de transformação de políticas públicas de Niterói em direção à simplificação de processos, contou com representantes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e do Sebrae. Luiz Paulino, secretário de Desenvolvimento Econômico e Indústria Naval, declarou, em cerimônia de abertura, que o dia será recordado no futuro. “Hoje nos reunimos para mostrar para todos que Niterói está, cada vez mais, melhorando o ambiente para o empreendedor. Ao longo deste ano, por exemplo, realizamos melhorias na emissão de alvarás. Este evento vem, justamente, para sacramentar esses avanços e apresenta-los à população”.

O palestrante do dia, Luiz Barreto, e/x-presidente do Sebrae nacional e ex-ministro do turismo, acredita que o evento foi importante para desmistificar a ideia de que empreender é impossível no Brasil. “Cada vez mais jovens brasileiros sabem que o empreendedorismo é uma opção para seus objetivos, mas acabam desistindo. O Brasil não é perfeito para o empreendedor, mas vivemos um momento de revolução por causa do Simples. Hoje, já temos uma experiência muito positiva com os pequenos negócios, o que muita gente ainda não sabe disso”, declarou.

Para Américo Diniz, coordenador regional do Sebrae/RJ no Leste Fluminense, desburocratizar é a principal forma de fomentar o empreendedorismo. ”Muitas pessoas que sonham em empreender acabam desanimadas ao se deparar com os diversos trâmites necessários para a abertura de um negócio”, explicou.

Fonte: http://www.ofluminense.com.br